[DREAMCATCHER] Objetivos e metas

quarta-feira, 8 de agosto de 2018 |

|
objetivos e metas do projeto dreamcatcher
Diagrama ensinando como fracionar seus objetivos em metas

Quando penso em coisas que quero conquistar, a primeira coisa me vem à mente é: “como vou conseguir fazer isso?” eu tenho uma péssima mania de ser pessimista, sabem? Tenho tanto medo da frustração que prefiro esperar o pior, é aquela velha ideia: ‘eu espero o pior, se vier o melhor é lucro, se não, eu já esperava’.


Mais nova isso funcionava bem, mas agora é cansativo. Esperar sempre o pior, estressa, te deixa para baixo. Aprendi isso de diversas formas. Estou tentando mudar meus pensamentos e minha forma de enxergar a vida, pois sempre pensar o pior é de muitas formas, ruim para si mesma. Um exemplo simples é: você vai até uma caverna e grita A, o eco que receberá será A, nunca B. Se gritarmos bem ao mundo, receberemos bem de volta. E o contrário também é verdadeiro.

Por isso decidi colocar boas energias e vibrações em minhas metas, otimismo, lutar para conquistar o que desejo e esperar coisas boas somente daquilo que importa, por mais difícil que seja. E é realmente difícil.

Pensei muito no que escrever a cerca disso, então surgiu a ideia de dar algumas dicas sobre o que me ajudou em muitos sentidos a chegar em meus objetivos esse ano. Esse post faz parte do projeto Dreamcatcher do grupo do facebook A Corte Vermelha e o tema de Agosto é “pequenas grandes metas para a vida”.

Objetivos e planos

Na virada do ano (2017-2018) eu decidi mudar minha forma de criar objetivos e diminui-las. Eu criava 969384 objetivos e não conseguia alcançar metade deles, então vinha a conhecida frustração. Para 2018, eu decidi estabelecer 4 objetivos: me formar, arranjar um emprego, tirar CNH e arranjar uma casa.

Me formar era o principal e primeiro da lista e consegui alcançar, os outros eram apenas bônus que se alcançasse seria legal, mas nada de suma importância a priori. O objetivo do meu ano era, enfim, me tornar médica veterinária e ao conseguir já veio a satisfação enorme, mas para isso, tive de ralar muito e me organizar como nunca.

Fracionando objetivos: metas.
Li em diversos lugares sobre fracionar objetivos e transformar em pequenas metas para ficarem mais fáceis de serem realizadas, assim, seríamos mais produtivos e alcançaríamos o objetivo desejado. Foi isso que decidi fazer.

Para me formar, por exemplo, fracionei em dois objetivos principais: TCC e Estágio Curricular. E daí, tirei duas metas: passar no TCC e obter bom desempenho no estágio curricular.

Dentro dessas minhas pequenas duas metas, desenvolvi ‘to do lists’ para o bom rendimento delas, sendo alguns exemplos: ler um artigo por dia relacionado ao TCC, escrever 10 páginas por semana do TCC, não chegar atrasada no estágio curricular, estudar os casos acompanhados no estágio semanalmente.

Cheguei nessa lista de forma simples e vou explicar, é fácil. Primeiro, escreva seu objetivo principal em uma folha (online ou física, hehe), depois abaixo vá escrevendo o que é necessário para alcançar este objetivo – de preferência uma palavra. Depois disso, a partir dessas palavras, crie suas metas. Elas devem ser simples e práticas, palpáveis para você. Depois é só começar, mãos à obra.

Minhas pequenas grandes metas

Hoje irei contar para vocês algumas metas que criei para alcançar os outros objetivos da minha lista anual, que por mais que não sejam exatamente foco do ano, seria ótimo se as alcançasse.

me organizar melhor: essa é minha principal meta, pois acabei por me perder um pouco e procrastinei bastante. Um dos motivos é que minha rotina e ambiente mudaram drasticamente, pois como me formei, voltei para a casa dos meus pais.

Acredito que aprender a me organizar e me adequar à nova realidade é muito importante para continuar com meu nível de produtividade, seja com o blog ou com outras metas. Testei o método de bullet journal e um aplicativo, mas ainda não achei o ideal para mim, além disso uso o Pinterest para conhecer e ler sobre métodos de organização e produtividade (tenho uma board só para isso).

estudar: como tudo é um eterno aprendizado e eu amo estudar, sigo estudando mesmo já formada. Há provas de residência no final do ano, estou fazendo cursos de aprimoramento, quem sabe uma pós-graduação no final do ano. Além disso, exerço uma medicina, então preciso sempre estar estudando para poder trabalhar bem, então essa é outra meta.

Uma coisa que me ajuda é seguir studygram’s (já conhece o IG do blog?) e acompanhar blogs que ensinam a se organizar nos estudos e estudar (como o blog Melhor de Si), tenho conta premium no passei direto e super recomendo, também!

cuidar da minha saúde: cuidar da sua saúde deveria ser a principal meta de qualquer ser humano. Quando você cuida de si mesmo, física e mentalmente, garante que as coisas com você caminhem bem, é sobre ajudar a equilibrar a balança, dando um jeitinho na esfera pessoal e assim garantindo uma boa saúde mental.

Pretendo começar a frequentar exercícios físicos e ser mais atenciosa a minha alimentação e a minha alma também, pois somos corpo e espírito e devemos ser gentis conosco mesmos.

ser perseverante: a perseverança é uma meta importante e que deve ser diariamente praticada, pois é a perseverança que nos faz alcançar as outras metas. Ela nos dá forças e nos mantém focado naquilo que desejamos, assim como realizar nossos sonhos e enfrentar nossos medos.

[EXTRA] inglês: decidi voltar com meus estudos de inglês, foi um objetivo criado na metade do caminho, então coloquei a meta de estudar no mínimo 45 minutos por dia de inglês – seja lendo um livro, ouvindo músicas, fazendo exercícios. Estou seguindo um conteúdo bem legal do MyElt e do ig Foco no Inglês.

Essas são algumas das minhas pequenas metas estipuladas para o final do ano. Ah, no instagram criei um conteúdo extra bem legal, sobre como criar to do lists para você alcançar metas, então não deixe de conferir.

Ah, além disso, outras pessoas incríveis também escreveram suas pequenas grandes metas e quero muito que vocês conheçam: Blog MemorialicesLivros,gatos, caféLiterabujoPastel EscritorBanshuu TVSimplesmente CriativaSweet LulyPerdida em Ficções e Coruja Geek.

E aí, me conta, quais são suas pequenas grandes metas?


Edit: Atualizado 03/09/2018

banner do projeto de escrita mensal dreamcatcher

32 comentários:

  1. Estudar mais e aprender inglês também estão nas minhas pequenas metas para esse segundo semestre do ano e acho que se Deus quiser e eu também é claro vou conseguir. Amei o post e desejo que consiga tudo que está na sua listinha. Um beijo.

    Ventos de Maio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza vai conseguir! Todos vamos! hahaha yay \o/

      Muito obrigada, te desejo o mesmo <3 Super beijo!

      Excluir
  2. Aiiii que post lindo! Amei o modo como você dividiu os objetos em metas. Esse ano, eu parei de fazer promessas de ano novo, mas, depois de dois meses, coloquei na minha cabeça que eu eu iria fazer o possível para estar sempre feliz, ver o lado positivo das coisas e ajudar os outros. Tudo isso tem me feito muito bem :)
    Amei as suas pequenas grandes metas. Aprender inglês é um dos meus ideias de prazer terreno haha. Um dia eu consigo!
    Boa sorte com tudo, moça <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Coração chega a pular de alegria quando vejo um comentário seu.
      Eu parei de fazer promessas loucas (tinha uma mania de 16 coisas em 2016, 17 coisas em 2017.... Pensou quando chegasse, sei lá, 2040?! kkkkkkkk), apenas promessas cabíveis e legais.
      Pretendo estudar bastante inglês e chegar num nível bom, pois ano que vem quero começar aprender japonês! hihi Espero que você alcance seus ideais terrenos <3
      Muito obrigada pela visita, dá quentinho no coração!

      Boa sorte para nós!

      Beijos
      com amor, Eva.

      Excluir
  3. Oiii!! Parabens pelo seu post. Eu vou esperar sair a resenha do livro do Mark (esse livro realmente mudou a minha vida e a forma como eu me posiciono). Que bom que você mudou o seu mindset de negativo para positivo, isso realmente só depende de nós. Esse ano eu também priorizei mais a minha saúde e na minha lista tem focar no English. (Mas só pq já moro fora e estou querendo melhorar o meu nível aqui com os gringos haha). Beijo

    www.verdadeescrita.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada!
      Sim, tem que começar com nós né?! Ninguém pode fazer isso por mim mesma.
      Inglês é tão importante, ainda mais para você que já mora fora né?!

      Boa sorte com tudo. <3

      Excluir
  4. Acho muito importante esse tipo de consciência sobre as nossas metas. Eu cansei de escrever um trilhão de metas no início de cada ano, só pelo calor da emoção e depois nem sequer lembrar de todas elas.
    Hoje levo isso muito mais a sério, colocando as minhas energias somente naquilo que faz sentido para mim, traçando um plano estratégico (um passo a passo) para chegar onde eu quero.
    Eu sempre tive essa visão mais pessimista de tudo, e foi assim por aqui também, funcionou só até algum tempo, depois isso pesa demais, ainda mais depois de entrar na vida adulta e se deparar com novas responsabilidades a cada ano que passa!
    Eu gostei muito da postagem, me inspira a dar continuidade as minhas grandes e pequenas metas mesmo estando em agosto! Ainda temos muitos meses para trabalhar nos nossos objetivos até o final do ano, né?
    Um beijo!
    Colorindo Nuvens

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu escrevia milhares de metas e - quase sempre - muito complicadas de serem realizadas, então me frustrava duplamente. Ser consciente com nossos objetivos os torna mais simples e realizáveis. E nossa saúde mental agradece!
      Ter uma visão pessimista é tão bad, prefiro a liberdade de não esperar nada. Pois, já diz a vida: quanto mais coisa ruim a gente pensa, mais a isso ira atrair. kkk né?
      Muito obrigada, um elogio seu me anima e muito! E realmente ainda há tempo, já dizia Renato... Temos todo o tempo do mundo!

      Beijo e obrigada pela visita! <3

      Excluir
  5. Eu sempre pensei que muitos objetivos só me atrapalhavam, e nesse ano eu tentei ser mais especifica com meus objetos e metas. Seu post falou muito bem do assunto, parabéns.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada! Espero que realize todas <3

      Excluir
  6. Sobre sempre esperar pelo pior, dia desses li uma frase que amei e fez total sentido: "se prepare para o pior e espere pelo melhor".

    Dividir um grande objetivo em pequenas metas é uma técnica incrível e eficaz, sem contar o prazer que é ir cumprindo várias metas (quando se tem muitas metas que são fáceis de cumprir, isso é ótimo).

    Cheiro de Pipoca

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gostei da frase... "se preparar para o pior". É muito melhor que "esperar pelo pior", né?! Além de fazer total sentido.
      Sim, mais realizavel né?!
      Obrigada! <3

      Excluir
  7. Eu preciso muito colocar minhas metas e planos em uma meta, pois vou me deixando levar e vendo o que acontece.
    Acredito que determinação é o que me falta. Adorei a sua dica e vou tentar adotar um caderninho.

    Alana Zoz

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poxa, fico feliz em ter ajudado. Eu gosto de ter anotado minhas metas mesmo, estou testando o método bullet journal, mas eu tb anoto em um caderninho de cabeceira.

      Boa sorte, moça! Você consegue, fighting! <3

      Excluir
  8. Não tem jeito, a frustração faz parte da vida e está presente em todas as fases rs
    Eu tb sou muito pessimista e sempre enxergo o lado negativo da coisas, de um lado eu acho bom pq penso antes de fazer qualquer coisa... do outro é ruim pq às vezes deixo de fazer algo por medo ..
    Adorei a proposta do projeto e acho que a meta só se torna eficiente, quando somos sinceros com nós mesmo e estabelecemos algo que conseguimos cumprir.. =D

    Sai da Minha Lente

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu e frustração somos companheiros de quarto, rs, mas já estou em vias de me mudar, o aluguel é alto demais e desnecessário. Sim, de certa forma há o repensar nas atitudes, mas é uma forma tão cansativa né? Há outros meios e espero do fundo do coração que os encontre! <3

      O projeto é bem legal e o tema do mês foi escolhido pela @luhinwonderland e tô amando!

      Eficiência é algo que estou buscando bastante esse ano! <3

      Obrigada pela visita, mesmo! Fico muito feliz!

      Excluir
  9. Que sincronicidade! Fiz minha lista de "mini metas" bem similar à sua organização! Já tirei planos engavetados à meses do papel em somente uma semana!Estou amando!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É o universo reafirmando que estamos no caminho certo, né?! hahaha amei!
      Que legal, Ana, espero que consiga realizar todas as suas metas e objetivos! Torcendo aqui!

      Fighting! <3

      Excluir
  10. Torcendo muito pra você conseguir essas metas, Eva, que são todas ótimas e acabam ficando interligadas, né? À medida que uma for realizada, ajuda na concretização da outra! Principalmente no que diz respeito ao cuidado com a saúde mental, essa influencia em tudo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim! Inclusive isso que citou foi uma forma que achei de conseguir concretizá-las com mais facilidade, sabe? Pois, como uma está ligada a outra, eu consigo de forma mais eficiente realizar o necessário.

      Saúde mental é realmente importante demais! Uma pessoa com saúde mental tem muito mais chances de enfrentar adversidades, evitar procrastinação e alçar longe.

      Obrigada pela força! <3

      Excluir
  11. Já estou in love pelo blog e pelo projeto.
    Eu amei a sugestão de post e amei mais ainda a ideia de fraccionar os objetivos, criando pequenas metas. Também amei a sugestão do livro "A Sutil arte de ligar o foda-se" to de olho faz tempo mas tenho medo de comprar e nada mudar em mim (e tudo bem se não mudar, mas o medo de não mudar é tão grande enfim... questões minhas haha).

    Ser perseverante, eu deveria incluir isso na minha lista também. Como é dificil!

    Mulher, boa sorte na sua residencia, com seus estudos e espero que encontre logo um job.

    Beeeesos
    www.blogdella.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada pelo elogio, fico lisonjeada!

      Eu tinha um pré-conceito com livros de autoajuda, aquela coisa do: o que vai mudar de eu ler um livro cheio de verbos no interativo? Ai, um dia abandonei esse pensamento e comecei a ler um aqui e outro ali. E me surpreendi positivamente. Ás vezes, a gente não muda na hora mesmo, mas aquilo fica ali guardadinho lá no fundo sabe? E em algum momento a gente lembra, recorda e isso ajuda.

      Ser perseverante e não desistir, é uma das coisas que eu preciso mentalizar todos os dias, pois tenho sérios problemas com isso e estava me fazendo mal. Tanto na vida pessoal quanto profissional.

      Muito obrigada, boas energias para nós e que o céu nos conceda nossos verdadeiros desejos puros de coração! <3

      Beijos e muito obrigada!

      Excluir
  12. Meu sonho é conseguir dividir e planejar minhas metas assim, real haha. É tão prático e simples, porém me disperso muito fácil rs. Você vai conseguir atingir cada uma, só continuar seguindo esse caminho. Na medida que for concretizando uma, as outras vão também em seguida hehe

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu era totalmente o contrário, ai um dia foi. Thanks, Lord! hahahahaha

      Sim, com muita força de vontade vai! haha

      Excluir
  13. Que bacana! Acho fundamental termos objetivos e metas, mas às vezes é muito difícil se organizar e até mesmo visualizar elas, sabe? Gostei da ideia de pensar em objetivos e mini-objetivos para alcança-los, isso ajuda bastante.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, eu também tinha essa dificuldade sabe Victória, por isso decidi fracionar até ficar pequenininho, pois assim eu consigo realizar com mais facilidade, sabe?

      Excluir
  14. Estou me apaixonando por inglês, esperanto, irlandês e japonês. Tõ todo tacado no Duolingo e muito ansioso ara me tornar fluente <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Duolingo é amor! Eu faria todas as línguas que tem lá se pudesse! Japonês é meu sonho desde menina, amo as línguas asiáticas (em especial jap e coreano).

      Boa sorte na fluência. haha

      Excluir
  15. Oi, Eva!
    Amei seu post e desejo sucesso em suas metas.
    Interessante isso de fracionar nossas metas e objetivos. Seguirei seu conselho e tentarei fazer o mesmo. Obrigada por compartilhar <3
    Beijinhos
    Isabelle - https://livrosgatoscafe.wordpress.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Imagina, eu que agradeço pela visita!
      é uma forma legal de tentar chegar aos objetivos finais de forma mais assertiva!
      boa sorte com seus projetos <3

      Excluir
  16. Oi Eva!
    Adorei o seu post. Também tenho como meta algumas das suas, como cuidar da saúde e estudar inglês, e achei super diferente e interessante você ter escolhido ser perseverante, algo que nem sequer passou pela minha cabeça na hora, mas que é muito válido e é uma coisa que permite que a gente conquiste inúmeras de outras metas, né?
    Beijos!
    Déborah | Perdida em Ficções

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pelo elogio, Deborah!

      Pois é, eu acabei por tornar isso uma meta, pois ajuda muito a dar aquele gás para continuar tentando, continuar em frente e não desistir com facilidade. Nem sempre somos perseverantes e desistir no meio do caminho era algo que eu fazia MUITO. Então, quis mudar isso!

      Obrigada pela visita! Super beijo.

      Excluir



© Copyright 2018. Amável Girassol - Todos os direitos reservados -